You are currently viewing Dólmen de Antelas seleccionado para integrar evento que assinalará o Dia Europeu da Cultura Megalítica

Dólmen de Antelas seleccionado para integrar evento que assinalará o Dia Europeu da Cultura Megalítica

Promovido pelo “Portugal Megalítico”, um projecto colaborativo para a divulgação do património megalítico existente em Portugal, decorreu uma selecção por meio de votação para escolher quais os cinco monumentos megalíticos escolhidos, localizados no nosso terrítório, que integrarão o tour virtual com que se assinalará o Dia Europeu da Cultura Megalítica.

Os monumentos serão os seguintes:

– Anta Pintada de Antelas

– Cromeleque dos Almendres

– Anta do Penedo do Com

– Anta da Cunha Baixa

– Anta Grande do Zambujeiro

O projecto Portugal Megalítico agradeceu a participação e indicou já o próximo passo: “O nosso obrigado pela colaboração dos muitos que decidiram participar nesta votação. Passaremos em breve, ao mesmo processo de escolha, agora para os monumentos localizados em Espanha”.

 

Esta distinção surgiu na mesma semana em que o município anunciou que colocou o primeiro painel de informação turística:

 

“O Dólmen de Antelas foi o monumento selecionado para receber o primeiro painel informativo que o Município vai colocar em monumentos/sítios arqueológicos do concelho.

A “Catedral do Neolítico” tem agora no seu exterior um painel com informação turística em português e inglês. O conteúdo dá a conhecer aos visitantes uma breve história e caracterização do monumento, uma ilustração dos importantes motivos pintados que ostenta no seu interior e os contatos para marcação de visitas ao interior.

Para visitar o monumento deve ser feita marcação prévia: patrimoniostempo@cm-ofrades.pt ou 961 786 064.

Obrigado a todos que votaram no Dólmen de Antelas – A Catedral do Neolítico!

Este importante monumento megalítico vai integrar o “tour virtual” que assinalará o Dia Europeu da Cultura Megalítica, na Página Portugal Megalítico.”

 

[Edição editorial: Aníbal Seraphim]

[Fontes: “Museu Municipal de Oliveira de Frades” e “Portugal Megalítico”]

Deixe uma resposta