You are currently viewing Vinhos de Lafões no Concurso de Vinhos de Portugal?

Vinhos de Lafões no Concurso de Vinhos de Portugal?

O título não é uma afirmação, trata-se de uma pertinente pergunta já que em termos de qualidade os vinhos de Lafões têm melhorado a cada ano que passa, havendo já um Reserva DOC.

Ora, se no recente concurso de vinhos promovido pelo Crédito Agrícola a região do Dão ficou honrosamente em 4º lugar a nível nacional, arrecadando seis vinhos medalhados, porque não Lafões concorrer para o prestigiado Concurso Vinhos de Portugal 2021?

Qualidade realmente não falta, o que falta é a afirmação nacional. Nesse sentido fica aqui o alerta para o anúncio da abertura das inscrições, que se iniciaram a 18 de Janeiro e terminam a 1 de Abril.

A iniciativa é da ViniPortugal e vai distinguir, pelo 8.º ano consecutivo, os melhores vinhos nacionais num Concurso que terá lugar nos distritos de Santarém e Setúbal entre 19 e 23 de Abril.

O senão deste concurso é que é pago para participar… Mas estando em causa uma região, uma ajudinha aos produtores também vinha a calhar. Um dos “benefícios” que a organização permite, é o desconto de cinco euros por cada referência inscrita. Mas atenção, apenas para os produtores que se registem até 26 de Fevereiro.

Os vinhos inscritos serão avaliados por um júri, composto por especialistas em vinhos portugueses e internacionais, entre os quais jornalistas, sommeliers, wine educators e outras profissões ligadas ao sector e será acompanhado por especialistas, sommeliers e influenciadores de mercados externos estratégicos para a marca “Wines of Portugal” que, ao longo de uma semana, têm oportunidade para conhecer melhor a realidade da fileira do vinho nacional.

O registo pode ser feito no site http://concursovinhosdeportugal.pt

Referente à edição de 2019 ficam estes números para a história:

1.382 vinhos a concurso

423 medalhas da seguinte forma:

29 na categoria Grande Ouro

98 na categoria Ouro

296 na categoria Prata

[Fonte: Wines of Portugal – Edição, texto e fotos: Aníbal Seraphim]

Deixe uma resposta